18
Nov 15

Capital da Hungria, Budapeste

Budapeste (Budapest, em húngaro) é a capital e a maior cidade da Hungria, e a sexta maior da União Europeia. Localiza-se nas margens do Danúbio e tem cerca de 1,7 milhão de habitantes (com cerca de 2,4 milhões na região metropolitana). Budapeste foi fundada em 17 de novembro de 1873 com a fusão das cidades de Buda e Ôbuda, na margem direita do Danúbio, com Peste, na margem esquerda. Seus habitantes chamam-se budapestinos.

Em torno de 89 a.C., na margem direita do Danúbio, os romanos fundaram a cidade de Aquincum, no local que viria a tornar-se Ôbuda (Óbuda, em húngaro, "Velha Buda"; hoje um subúrbio de Budapeste). De 106 d.C. até o século IV, Aquincum foi a capital da província romana da Panônia Inferior. Do outro lado do rio, foi surgindo ao longo do tempo uma povoação que se chamaria Peste (Pest, em húngaro).

Por volta de 900 d.C., a região foi ocupada pelos magiares, que fundaram o Reino da Hungria. Ao sul de Ôbuda e em frente a Peste, numa colina à margem do Danúbio, os magiares ergueram em 1241 um castelo real, numa localidade que viria a chamar-se Buda (Buda, em húngaro). Em 1361 Buda tornou-se a capital da Hungria.

Em 1541, Buda e Peste caíram sob domínio otomano e a primeira passou a ser a sede de um paxá turco. A área foi reconquistada pelos Habsburgos em 1686.

Ao longo dos séculos XVIII e XIX, Peste cresceu rapidamente e tornou-se um centro comercial. As três cidades - Ôbuda, Buda e Peste - foram fundidas por decisão do governo revolucionário em 1849, decisão revogada quando a revolução foi reprimida pelos Habsburgos. Com o Compromisso de 1867, que concedeu à Hungria um governo autônomo no seio da Monarquia Austro-Húngara, a fusão foi mais uma vez efetuada (1873), criando a cidade de Budapeste, capital da Hungria. Em 1900, a sua população atingiu 730 000 habitantes; em 1930, um milhão.

Aproximadamente um terço dos 250 000 judeus da cidade pereceu durante a ocupação nazista na Segunda Guerra Mundial. Budapeste foi muito danificada quando a cidade foi tomada pelo Exército Vermelho.

Se vale a pena viajar para lá via vídeo guiada licença tour. Essa turnê é muitas vezes durante todo o dia, então podemos dormir em um estúdio em Budapeste.

publicado por Hungria às 18:08 | comentar | favorito
17
Ago 15

Hungria

A Hungria (húngaro:Magyarország) é um país do planalto dos Cárpatos na Europa Central. Faz fronteira com a Áustria, Eslováquia, Romênia, Ucrânia, Sérvia, Croácia e a Eslovênia. Tem dez milhões de habitantes, distribuídos em 93 mil quilômetros quadrados.

Sua capital é Budapeste, maior cidade do país e que concentra 25% de toda a população húngara. População a qual é a mais homogênea etnicamente de toda a Europa, sendo composta em sua maioria pelos magiares, termo pelo qual eles mesmos se chamam. Os magiares eram um povo nômade que ocupou o planalto dos Cárpatos no século IX e lutou contra os outros povos durante séculos para se manterem no mesmo lugar. Mesmo oprimidos por austríacos, turcos e russos, os magiares permaneceram unidos.

O nome Hungria vem do turco On-ogur que significa Dez lanças e simbolizava a união das dez tribos que ocuparam o território húngaro no século IX, 7 tribos magiares e 3 cazares. O termo latino hunni para os hunos, antigo povo que dominou a Hungria até o século IV gerou os termos latinos para definir a Hungria. O termo magiar provavelmente vem das palavras magi e eri, a primeira de raiz proto-úgrica significa homem ou povo e a segunda vem do turco, que dá o mesmo significado povo. Então era o nome que os próprios húngaros se chamavam: Povo.

Em 1º de janeiro de 2004 a Hungria foi aceita na União Européia, junto com outros países do Leste Europeu, como os países bálticos, República Tcheca e Polônia.

publicado por Hungria às 17:07 | comentar | favorito
15
Mar 13

A música da Hungria

Hungria tem feito muitas contribuições para os campos de folk, popular e música clássica. Música folclórica húngara é uma parte importante da identidade nacional e continua a desempenhar um papel importante na música húngara. Também é forte na área de Szabolcs-Szatmár e na parte sudoeste de Transdanubia, perto da fronteira com a Croácia. O carnaval Busójárás em Mohács é um evento de música folclórica húngara grande, anteriormente com o estabelecido há muito tempo e bem-considerado Bogyiszló orquestra.

 

Música clássica húngara tem sido um "experimento, feito de antedecents húngaros e em solo húngaro, para criar uma cultura musical consciente com o mundo musical da canção popular". Embora a classe húngaro superior há muito tempo tem ligações culturais e políticas com o resto do Leste Europeu, levando a um influxo de idéias musicais europeus, os camponeses rurais mantiveram as suas próprias tradições de tal forma que até o final do século 19 compositores húngaros que poderá recorrer a camponesa rural música para (re) criar um estilo húngaro clássico. Por exemplo, Béla Bartók e Zoltán Kodály, dois dos mais famosos compositores da Hungria, são conhecidos o uso de temas populares em suas músicas. Bartók coletadas canções folclóricas de toda a Europa Oriental, incluindo a Roménia ea Eslováquia, enquanto Kodály estava mais interessado em criar um estilo distintamente húngaro musical.

 

Durante a era do regime comunista na Hungria (1949-1989) uma Comissão Canção desengordurados e censurado música popular vestígios de subversão e impureza ideológica. Desde então, porém, a indústria da música húngara começou a recuperar, produzindo artistas de sucesso nas áreas de jazz, como o trompetista Rudolf Tomsits, pianista e compositor Binder Károly de Budapeste e, numa forma moderna de folk húngaro, Ferenc Sebo e Sebestyén Marta. As três gigantes do húngaro rock, Illes, Metro e Omega, continuam a ser muito popular, especialmente Omega, que tem seguidores na Alemanha e além, bem como na Hungria. Bandas mais antigas veteranos subterrâneos, como Beatriz da década de 1980 também continuam populares.

publicado por Hungria às 14:06 | comentar | favorito
09
Mar 10

A geografia

Com 93 000 km², a Hungria é um dos maiores países da Europa Central. Suas dimensões são de 250 quilômetros de norte à sul e 524 quilômetros de leste à oeste, com 2 258 quilômetros de divisas com os 7 países (Sérvia, Croácia, Eslovênia, Ucrânia, Romênia, Eslováquia e Áustria) que o cerca.

Sua população é estimada em 10 064 000 de habitantes, apresentando um decréscimo populacional desde o último censo oficial em 2001. Tal fato vem ocorrendo nos últimos anos no país, seguindo uma linha de todos os países do leste europeu. A Hungria é um país mediamente povoado, apresentando uma densidade de 109 habitantes por km².

A maior cidade é a capital Budapeste, que em sua região metropolitana tem 2 550 000 de habitantes. Com menor proporção, a universitária Debrecen, em Hajdú-Bihar, é a segunda maior com 205 000 habitantes. A terceira é Miskolc, com pouco mais de 179 000 habitantes, no condado de Borsod-Abaúj-Zemplén, no nordeste húngaro.

publicado por Hungria às 15:32 | comentar | favorito